Notícias

PERÍCIA

DMML conclui que jovem foi morta por esganadura

31/01/2018 - 18:17
Assessoria Politec-MT

A Diretoria Metropolitana de Medicina Legal concluiu o exame de necropsia da vítima encontrada morta em uma residência do Bairro Três Barras, em Cuiabá, nesta quarta-feira (31.01). A mulher foi identificada como Vanessa Tito Poquiviqui Ramos, de 21 anos.

De acordo com o Diretor da DMML, João Marcos Rondon, a causa da morte foi asfixia mecânica por esganadura. O diretor confirmou, ainda, eu no corpo foi encontrado sinais de espancamento.

Após os procedimentos legais concluídos, a DMML aguarda os familiares para a liberação do corpo da vítima. O laudo de necropsia será disponibilizado à Polícia Judiciária Civil que dará continuidade às investigações.