Notícias

DIA DOS PAPILOSCOPISTAS

Profissão completa 97 anos em MT

05/02/2018 - 14:01
Assessoria Politec-MT

A identificação do ser humano por meio das digitais é o principal método de trabalho dos papiloscopistas, profissionais que compõem uma das carreiras mais antigas de Mato Grosso, mas que não perdem a importância frente aos avanços das tecnologias de individualização. São eles os responsáveis pela coleta, levantamento e, organização de toda base civil e criminal de impressões digitais do Estado.

A área de atuação pode variar conforme a finalidade, como em postos de identificação, para a emissão e processamento de carteiras de identidade; em laboratórios, na utilização de reagentes e revelação de digitais.

Os papiloscopistas estão vinculados ao à Diretioria de Identificação da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) atuando, inclusive, em conjunto com os peritos oficiais criminais na identificação dos autores dos delitos.

Passados 97 anos da criação da profissão em Mato Grosso, a coleta das impressões digitais se mantém, ao lado do DNA, como um dos métodos mais seguros de identificação, mas que vem passando por reformulações. Uma das mudanças atuais é a implantação do Sistema Biométrico, que começou a ser utilizada em Mato Grosso na coleta das impressões digitais, além da digitalização da fotografia e da assinatura utilizadas no documento. Parabéns a estes brilhantes profissionais que compõem a carreira da POLITEC.